terça-feira, 5 de fevereiro de 2008

Kiriri de Mirandela, Bahia

Os índios Kiriri de Mirandela são um dos povos indígenas do Nordeste mais destemidos e heróicos. Vivem no leste da Bahia, há uns 250 km de Salvador. Foram missionizados no século XVIII e no século XIX sua antiga aldeia de missão tinha se tornado uma vila, chamada Mirandela.

No final do século muitos deles se mudaram para Canudos, participaram da vida daquele arraial de rebeldia e foram fundamentais na defesa de Antonio Conselheiro. A maioria morreu com o Conselheiro, mas alguns sobreviventes mantiveram a memória dessa passagem de sua vida política. Depois os Kiriri foram cada vez mais oprimidos, os brancos passaram a entrar em suas terras e Mirandela tornou-se a principal cidade da região. O SPI reconheceu-os como indígenas, o que segurou o processo de assimilação que estava ocorrendo à época.

A partir da década de 1950, alguns líderes Kiriri foram à cidade de Rodelas e convidaram pajés e religiosos Tuxá para ensinar-lhes os mistérios do Toré. Daí por diante foram retomando seus rituais e consolidando sua vida social. Na década de 1970 partiram para a reconquista de sua vila. Foram aos poucos conseguindo retomar terras que haviam perdido para os moradores e novos imigrantes na região. Ao final, na década de 1990, haviam reconquistado suas terras originais, consignadas a ele desde a época pós-jesuítica. Sua terra tem a forma de octógono com raios de seis km que saem do centro da vila de Mirandela.

É uma terra linda e verdejosa, fértil, na entrada do sertão da Bahia. Os Kiriri a amam muito e com muita razão. São excelentes agricultores e, agora com empréstimo do Pronaf, têm obtido excelentes resultados e estão se tornando cada vez mais independentes.

Muitos Kiriri foram fundamentais para a reconquista de suas terras. Quero destacar aqui o cacique Lázaro e o cacique Manuel, os dois maiores líderes da atualidade.

Parabéns aos Kiriri. Minhas homenagens a todos que lutam para preservar sua cultura e fazer parte da cultura brasileira também.

A foto ao lado foi tirada em janeiro de 2007 por ocasião da inauguração de duas Casas de Cultura que fizemos como parte do programa de resgate das culturas indígenas dirigido à época pelo indigenista Odenir Pinto de Oliveira.

7 comentários:

Israel disse...

Bom dia,apesar de residir em São Paulo capital, sou um sertanejo da cidade de Cansanção BA e gostaria de saber se os índios Kiriri, no passado, ocuparam as terras da minha cidade. Existe estudos que revelam quais foram os grupos índígenas que ocuparam Cansanção, Monte Santo, Queimadas etc.? (Israel, Prof. de Geografia)

Anônimo disse...

Sou sergipana e me chamo Joíra, segundo minha mãe o meu nome é originario de uma índia da vila de Mirandela, pois ela é nacida em Ribeira do Pombal e morou lá também, já busquei de todas as formas possiveis descobrir o significado, mas infelizmente ñ consigo. Em mais uma tentativa de descobrir meu nome acabei achando esse Blog, muito interessante por sinal, e gostaria muito que o senhor pudesse me ajudar se possivel nessa descoberta da minha "origem". Caso possa me ajudar entre em contato comigo pelo e-mail: lillaanjos@hotmail.com
Agradeço desde já a atenção dispensada.

Romero disse...

Sua de Monte Santo e faço pós em Cultura Afro e Indigena, porem gostaria de saber se os Kiiri habitaram a região de monte Santo já que O frei Apoloni di Tode vei com a missão de cateczar os indeios desta regio. não tenho registro para a comprovação preciso de um caminho.A espera Romerio. romeromix@hotmail.com

martha disse...

Olá..sou Martha Castro moro em São Paulo e estava fazendo um trabalho da faculdade, onde tinha que falar sobre a minha descendencia e achei esse site que fala sobre o local onde minha avó paterna nasceu, Adalaide Maria de Almeida. este site ajudou muito na minha pesquisa e achei super interessante a história deles e estou curiosa para conhecer Mirandela pois tenho muito intersse de saber o que aconteceu com meus antepassados.

se tiver mais alguma coisa que possa me ajudar entre em contato.. email Marthinha_castro@hotmail.com
grata Martha.

Viviane disse...

Parabéns pelo seu trabalho. Fiquei muito feliz em encontrar informações sobre minha origem, os kiriri. Sou apaixonada pela cultura indígena e esse é um blog riquíssimo, Parabéns e Obrigada, mais uma vez, pelo maravilhoso trabalho.

Rebeca disse...

É uma história muito bonita se olharmos pela ótica descrita. Mas minha família era de Mirandela, minha mãe era de lá, e vi o sofrimento daquele povo qdo estavam sendo expulsos de suas casas. Também perdendo o seu c anto, suas histórias...
Fiquei muito triste qdo voltei lá esse mês e vi como o povoado está acabado, mal cuidado, as casas caindo... O jardim da praça não tem uma flor, somente as árvores que alí já existiam. A igreja muito suja, cheia de cocô de morcego e com mal cheiro. Era para isso que eles queriam a Mirandela?
Muita tristeza...
Sem contar que ouvia que aquele povoado já era habitado pelos brancos qdo eles alí chegaram. Primeiro eles foram para Ribeira do Pombal, mas foram expulsos, e dalí seguiram para Mirandela.

massacara Kaimbe disse...

Me chamo Luiz Carlos,sou da Aldeia Massacara e minha origem e da tribo Kaimbe.Acredito mesmo nas suas afirmacoes de os indios sao naturais destas terras e que com a chegada dos colonizadores europeus eles foram forcados a deixarem sias culturais,historias e propria origem.Mas com a luta de resistencia a chegarem ao ponto de reconquistar o que lhes pertence.Defendemos sim a nossa luta.Desde ja agradeco!o meu contato e carlosKaimbe1@gmail.com

 
Share